{

title : "My Cyber-Space",

description : "O seu lugar de tecnologia",

author : "Victor Oliveira"

}


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Segurança ou Invasão de privacidade?

O FBI (polícia federal americana) anunciará em breve a licitação de um contrato de 1 bilhão de dólares para estudos biométricos que possam ajudar na segurança dos cidadãos americanos.
A biometria é o estudo estatístico das características físicas ou comportamentais dos seres vivos. Recentemente este termo também foi associado a medida de características físicas ou comportamentais das pessoas como forma de identificá-las unicamente.
Hoje a biometria é usada na identificação criminal, controle de ponto, controle de acesso, etc. Os sistemas chamados biométricos podem basear seu funcionamento em características de diversas partes do corpo humano, por exemplo: os olhos, a palma da mão, as digitais do dedo, a retina ou íris dos olhos. A premissa em que se fundamentam é a de que cada indivíduo é único e possuí características físicas e de comportamento (a voz, a maneira de andar, etc.) distintas.
Com base nesse fundamento o FBI (polícia federal americana) anunciará um contrato de 1 bilhão de dólares para a criação de um gigantesco banco de dados das características dos cidadãos.
Esta iniciativa gerou preocupações entre os grupos defensores das liberdades civis sobre a privacidade dos cidadãos. Eles dizem que a licitação do contrato é o começo de uma sociedade vigiada, na qual qualquer um pode ser rastreado em qualquer lugar e em qualquer momento, e na qual todos os seus movimentos e possivelmente todas as suas atividades serão seguidas e anotadas.
O FBI já conta com 55 milhões de impressões digitais e nos próximos anos quer acrescentar dados sobre a palma das mãos, cicatrizes, tatuagens, características dos olhos e dos traços faciais das pessoas. A idéia é combinar várias peças de informação biométrica para conseguir identificar com mais possibilidades de acerto um potencial suspeito, ajudando na proteção dos cidadãos e proibindo a entrada de terroristas no país.

4 comentários:

CapinaremosRH@gmail.com (Zanfa) disse...

Muito interessante isso, alguns realmente poderão considerar uma falta de privacidade, mas as novas tecnologias estão ai, e vieram pra ficar. =D

Por Ricardo Cazarino disse...

Essas novas tecnologias são fantásticas, se fossem usadas para um progresso adequado, e não, como tudo indica, para própria segurança deles mesmos...Vindos dos EUA, certamente será para robotizar a população. Além de contralarem a "cabeça" das pessoas, querem contrar a vida delas...

Marcelo disse...

Não vejo como falta de privacidade alguém ter o registro de minhas digitais ou de outra característica.
Acho que os grupos de liberdades civis nos EUA estão em busca de olofote e com poucos problemas para se ocuparem.

Kátia Miglioli Castro disse...

Olá, vi teu blog na comunidade TDB, e assim.. acabei de fazer um blog, onde o principal é livros..queria saber se você saberia me dizer algum livro sobre tecnologia,ou algo do assunto.. ?!

desde ja obrigada..

Beijos